Comunidade Zilah Spósito

 
 
 
 

 

Peça gráfica realizada junto ao Travessão Coletivos Em Conversa, na comunidade Zilah Spósito | BH | MG. A peça acompanha ônibus da linha 5534, que tem ponto de partida nas proximidades da comunidade, a qual foi vítima em outubro de 2011 – a mando da prefeitura – de uma tentativa de despejo ilegal, efetuada por fiscais, guardas municipais e a polícia militar de minas gerais. Na ocasião 24 barracos foram destruídos a marretadas, e coibidas com spray de pimenta, crianças, mulheres e idosos.
Passado quase um ano a comunidade reconstrói seus barracos sob a bandeira de ocupar e resistir.

 

 

Peça gráfica pensada em decorrência da economia que representam as hortas no orçamento das famílias que no local convivem. Por mais que não sejam as hortas comunitárias, em nossa estadia foi possível notar a troca e a doação de hortaliças entre os moradores da comunidade.

 

FacebookTwitterGoogle+PinterestWhatsApp

Post a comment

RSS